O ciclo infinito de idéias e ação,

Infinita experiência, infinita invenção,

Traz o saber do movimento, mas não da paz.

Onde está a vida que perdemos vivendo?

Onde está a sabedoria que perdemos no conhecimento?

Onde está o conhecimento que perdemos na informação?

                                                           T.S. Elliot (O Rochedo)

 

Prezado professor Chaia

 

Os professores do Departamento de Arte, conhecedores de sua trajetória interna e externa à PUCSP, vêm reafirmar o que tantos colegas já enfatizaram com referência ao seu descredenciamento do Programa de Pós Graduação: INDIGNAÇÃO.

A avaliação da produção intelectual deve merecer outro olhar. Sabemos que os programas estão subordinados à legislação superior, mas o uso dos critérios não pode se sobrepor às evidências da realidade. Se há desajustes, em nossa visão, deve ser na forma de levantamento dos dados e não na avaliação de sua competência.

 A sabedoria não cabe na informação, nas palavras de Elliot.

Reconhecemos sua participação como estimulador, pensador crítico, ativo colaborador nas diferentes esferas da atividade artística no Brasil. É sempre com orgulho “puqueano” que acompanhamos sua trajetória.

 Receba nosso abraço

 

Professores do departamento de Arte

 FAFICLA